Docura de uma quinta feira amarga

Olá meninitas,

Hoje cheguei no trabalho e fui bombardeada de perguntas sobre cupcakes, bolos, pasta americana, massa folhada, geléias … nussa
Tuudo tão bom de responder que me senti na obrigação de compartilhar isso com vocês.

Faço parte de um grupo só de craques quando o assunto é: Casamento, roupas, bolsas, maquiagem, Ebay, relacionamentos, baby …

Então, como eu entendo um tiquinhozinho de comida e de decoração … vou ajudar as amigas que estão planejando o chá de bebe perfeito.

Eu não quero ter filho agora e nem sei quando vou ter, porém … eu já sei o que servir no meu chá de bebe (Oi?!? .. Marido, não lê tá.), meu chá de bebe será perfeito, com comidinhas simples e feitas por mim, mamãe e sogra (elas não sabem disso ainda). Também sei o que darei de lembrança de maternidade .. independente do sexo. Também sei qual será o tema da festinha de 1 ano, 2, ….. enfím, quando o assunto é comida + festa o legal mesmo é planejar…

Abaixo, um passo a passo de um vasinho de flores de sobremesa. Que de tão lindo e simples dá vontade de presentear a qualquer pessoa, independente do momento.

Não existe um PAP escrito, existe, mas não to afim de escrever aqui, e nem precisa neh …
Se alguém quiser ver, segue o link e de onde peguei a foto também.

Com isso, boa quinta feira!


Bolo especial de maracujá

Olá pessoal,

Sei que estou devendo mais posts, mas a vida tem sido uma correria louca.

Hoje, feriado aqui no Rio, bateu uma vontade enorme de comer um bolinho, mas eu queria um bolo de maracujá, doce e azedo ao mesmo tempo .. da mesma forma que eu to me sentindo hoje.

Não consegui achar nenhuma receita que me agradasse que fosse uma combinação de: Maracujá + Iogurt

Então … fiz uma receita mais ou menos assim sabe… no olho 😛

O que tinha na dispensa:

3 ovos (os meus estavam pequenos, por isso coloquei 3)
1 1/2 xícara de açucar
3 colheres de manteiga
Polpa de 1 e 1/2 de maracujá (sem bater, eu queria sentir as sementes crocantes na minha massa)
1 copo de iogurt integral (200 gramas – aconselho a usar o iogurt caseiro)
2 xicaras de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento.

A alquimia:

Bata os ovos, a farinha e o açúcar até formar um creme fofo e amarelo.
Junte o iogurt, a polpa de maracujá e a farinha e bata mais um pouco.
Desligue a batedeira e incorpore o fermento.

Depois é forno por 35 min ou até o palito sair sequinho.

Quando o bolo começar a cheirar, você faz uma caldinha para jogar em cima. É facil, é só misturar 1 xícara de açúcar com 1 xícara de polpa de maracujá. Agora é só cobrir o bolo ainda quente, com essa caldinha também quente.

E come ainda quente. Porque bolo quente não dá dor de barriga..
Fotinhas do bolo. Dá pra ver a fumacinha? Sentir o gostinho??

Beijos e bom feriado.


O bolo de aipim da Bisa

To sem tempo pra psotar.
Ainda esse trabalho, consumindo todo e qualquer tempo livre que ainda tenho.
O trabalho é tanto que deve ter umas 2 semanas que não cozinho nada em casa.

Domingo, é sagrado. Dia de feira.

Cheguei em casa e percebi que o aipim que eu tinha comprado nem tava tão bom assim, sabe meio passadinho, é .. eu erro as vezes :P.
Logo lembrei do super bolo de aipim, receita da minha bisavó, que passou pra avó, que passou pra mãe, que passou pra mim… E que eu provavelmente passarei para minha filha e assim por diante.
É bastante parecido com a paçoca da bisa, o doce de abóbora da bisa, a caçarola da bisa, doce de banana da bisa e assim por diante, são os doces que vão passando pelas gerações, e no momento, eu sou a encarregada a prepara-los.

Vamos a receita:
Você vai precisar de:
1 quilo de aipim.
2 ovos
1 prato fundo de coco ralado (Oi?!? … Isso mesmo, pegue 1 cocô médio e rale no ralo grosso)
1 prato fundo de açúcar
1 colher bem cheia de manteiga.

Modo de preparo:
Ralar o aipim cru no ralo grosso.
Misturar o restante dos ingredientes
Untar uma forma média com manteiga somente
Forno médio por aproximadamente 35 min.

Dicas: A receita sempre é proporcional: Meio quilo de aipim, 1 ovo, meio prato de cada coisa aí acima.
Pode trocar o açúcar pelo leite condensado .. Eu não troquei, porque prefiro a lembrança da bisavó.
Pode polvilhar açúcar na forma depois de passar a manteiga, isso proporciona um crocantezinho lá longe sabe.

Então,
se joguem no bolinho.
Até um dia, quando esse projeto que eu estou acabar 🙂

Bolo Aipim

obs: foto do google, meu bolo acabou tão rápido, que eu nem me lembro de ter esperado esfriar.